Qual é a melhor lareira? Como tornar o ambiente aconchegante e confortável para o inverno.


Vou direto ao ponto: não existe nada igual às lareiras à lenha, e ainda, quanto maior, melhor!

Não há nada mais fascinante do que a água em movimento? Há sim, a luz do fogo.

É claro que se você mora num apartamento, ou numa casa onde não foi projetada uma lareira, é mais simples a obra da lareira a gás, e mais prático ainda, as lareiras a álcool que nem de obra prescindem.

São bonitas, práticas e confortáveis. A lareira a gás, tem como diferencial a limpeza e praticidade porque seu único trabalho é verificar se o gás não terminou. Além disso, é possível ampliar a linha de fogo fazendo grandes extensões horizontais.

As lareiras a gás, as mais práticas, simples e baratas, são geralmente sobrepostas nos móveis, podendo também ser devidamente encaixadas ou projetadas de acordo com o mobiliário do ambiente. O abastecimento se dá pelo simples enchimento do álcool (próprio para lareiras) no recipiente próprio. Existem algumas que são móveis e podem ser transportadas tanto de chão quanto de mesa.

Antes de encerrar, lembrem-se que qualquer uma delas pode ser instalada em área externa ou nos jardins. Nesse caso, o mais econômico é comprar nessas lojas de importados onde se vendem produtos de jardinagem como os modelos externos à lenha, porque o efeito é bárbaro e o preço é pra lá de acessível.

Depois disso tudo, é só preparar o clima, seja com os queijos, os vinhos, o pinhão, o calor da boa conversa, da amizade e da confraternização.

Ana Padilha é arquiteta.